terça-feira, 4 de maio de 2010

A lua



Sim, ela estava lá no céu... Ela não parecia cheia, mas talvez aquele seja seu charme supremo.
Que lua linda... merecia uma foto... Foi tirada a foto, nada de digital ou analógico e sim nossas mentes e nossos corações captaram o mais suave prateado-dourado-avermelhado-seilámaisoque.
A lua dos amantes, a lua dos sofredores.
Mãe natureza, por gentileza não podes transportar-me para lá, onde eu possa flutuar em seus encantos e viajar em meus devaneios terrenos? Sou lunático e fanático por ti, oh lua querida, que brilho lindo que tu emanas.


Foi um momento Bom. Notável e insubstituível.


2 comentários:

Lily Quel disse...

Todos os momentos são insubstituíveis!!! E esse foi legal!

Nari disse...

A lua é galante. Gosto de adimirá-la quando nos é visível apenas aquele risquinho singelo no céu.