quarta-feira, 9 de setembro de 2009

My way... To Fight... To Survive.


Eu ia apagando, enquanto o poeta estava cantando, flutuando com os olhos fechados na minha bicicleta velha. Apenas a caminho de casa, a caminho de lugar algum. Sentindo o sangue em minhas veias o vinho fazendo efeito, a dormência tranquilizante dos meus membros. A tranquilidade das ruas, apenas cachorros, gatos, mendigos e carros parados todos silenciosamente, apenas, fazendo parte de um universo paralelo, o universo da paz.
Antecedendo tudo isso: a excitação. A presença de pessoas legais, a companhia de gente que me ouve (ou finge que ouve) que atura minhas bobagens, que canta sem saber cantar, que toca sem saber tocar e que sente, sente as mesmas coisas que eu, os mesmos anseios e necessidades que eu. Agradecimentos são tolos... Lembranças são tesouros, valiosíssimos. Palavras, amores, troca de idéias, ou apenas o "passar o tempo" com vocês. Isso é sensacional.
O que se vive é muito pouco diante do que se sente.


<> Here I am. Alive! <>


"Quando eu encontrar todas as razões
Talvez eu encontre uma outra maneira
Encontre um outro dia
Com todas as mudanças de estação da minha vida
Talvez eu acerte da próxima vez
E agora que você está por baixo
Está com sua cabeça nas nuvens
Você está de volta ao chão"

Estranged (Guns N´ Roses)

6 comentários:

Felipe Santos disse...

Créditos: Imagem:

http://abrigodossabios-paulo.blogspot.com/2008/11/viver-ou-sobreviver.html

Josy disse...

Estupendo!

Dessa vez não vou te chamar de emo não... você merece os créditos, esse post tem feeling...

Kisses

Lily Quel disse...

O lance do feeling pegou mesmo!!! Mas Josi tem razão Felipe...e eu te escuto de verdade se isso te consola!!!

Kisses and hugs!

Gutor disse...

Massa!!
Pode ter certeza que existem outras pessoas que também sentem-se bem em estar fazendo e ouvindo "bobagens"!

belo texto,

Abraços

Alleson Sullivan disse...

cara, como todos ja disseram, esta muito foda teu texto.
somos fraçoes de um todo, quando juntos sentimos as mesmas coisas, sorrimos ao mesmo tempo.

falow man..

Peace, love and Fuckin Empathy...

Maristella disse...

as vezes me pergunto se tu realmente existe.
Felipe, você escreve incrívelmente bem.
:)