sexta-feira, 10 de setembro de 2010




O som da guitarra me atinge
O teu silêncio me agride
Caralho, revolução é acreditar e não temer!
Vamos fazer, e apenas não nos importar com o futuro
Os outros que se danem, PORRA!
A gente tenta, mas o tédio nos consome.
O ócio nos consome, a ignorância está presente
Roemos as unhas e o perdão não comparece
Os outros pensam que somos loucos, e eles estão certo
Pensamentos soltos se juntam e conseguimos nos encontrar num imenso poço de MERDA.



Valeu Engenheiros do Hawaii , pela inspiração!

2 comentários:

Gutor disse...

Tava com saudades dos seus textos revoltados...
Mas faltou alguma coisa sua aqui, depois eu vejo o que foi...

massa!

P.L.E

Alleson Sullivan disse...

como Gutemba falou ta faltando alguma coisa aqui,como te falei gosto de teus textos por se revelarem da maneira que saem de tua cabeça,"nua e crua".