terça-feira, 17 de janeiro de 2012

sob efeito

sou amigo da estrada
esquizofrênico poeta do submundo
maltrapilho acabado pela vida
sensível sonhador de sarjetas
pasmo admirador da lua
generoso filho de uma mãe ausente
sou mais um na esfera louca da humanidade imunda
sou o reflexo no espelho apodrecido de iluminação
olá canção que me hipnotiza, sou essa canção e serei um defunto mais tarde
sou um fardo, um apodrecido, uma criança feliz
iluminação, assombração
caminho
caminho, siga teu caminho em paz e não me pergunte NADA.

Um comentário:

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)